quarta-feira, 11 de março de 2015

Servidores dão prazo de 10 dias para GDF resolver situação!


Após cerca de duas horas de manifestação, servidores ligados a 18 sindicatos e 18 Associações do funcionalismo público do Distrito Federal encerraram protesto que bloqueavam o Eixo Monumental durante parte da manhã desta quarta-feira (11). Os servidores protestaram contra ação do Ministério Público que pede a suspensão de reajustes já garantidos em lei para várias categorias do funcionalismo.


Em assembleia, os servidores decidiram dar dez dias de prazo para que o governo do DF apresente uma solução para resolver a questão dos reajustes, decidiram também entrar em estado de greve e,  caso a ação movida pelo MPDFT seja aceita pelo TJDFT e os reajustes sejam cancelados, todos os servidores públicos de 33 carreiras entrarão em greve por tempo indeterminado.
Movimento Sindical em Defesa do Serviço Público do Distrito Federal
AACS-DF, ACATE-DF, ADEP-DF, AMUM-DF, AMUS-DF, APTAR-DF, ASASPC-DF, ASCAF-DF, ASCAP-DF, ASDEF-DF, ASEC-DF, ASFHB-DF, ASLAD-DF, ASPOLO-DF, ASPRO-DF, ASSOSEHORA-DF, AVISA, CLUBE DA SAÚDE, SINDADF, SINDPEN-DF, SINDIVACS-DF, SINDATE-DF, SINDBIOMÉDICOSDF, SINAFITE-DF, SINDSAÚDE-DF, SEDF, SINDMÉDICO-DF, SODF, SINDSASCGDF, SINDSSE/DF, SINDETRAN-DF, SINDDER, SINDAFIS, SINDIRETA, SINDPROC-DF, SINTTAR-DF.
Definição: A expressão “se encontra em estado de greve” é um alerta, um aviso para uma possível paralisação.
10394118_387171011470815_495534377059459602_n(1)IMG-20150311-WA0082IMG-20150311-WA0083

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Deliberação da reunião realizada no dia 23/02/2015

Contratação Temporária de AVAS e ACS – Concurso Temporário.

  • A SES-DF encaminhará oficio PGDF, solicitando informações à respeito do Contratação temporária de AVAS e ACS.
  • A SES-DF se comprometeu em levantar o numero de vacância dos cargos de AVAS e ACS.
Curso Técnico ACS – AVAS
A SES-DF formará Grupo de Trabalho, que terá por finalidade a implementação da qualificação técnica dos ACS e AVAS.
  • O Grupo de trabalho iniciara os seus trabalhos daqui a 15 dias .
Portaria de Incentivo aos AVAS e ACS
A SES- DF alega impossibilidade de continuidade no pagamento de incentivo de produção através de Portaria, e trará na próxima reunião uma proposta que possa substitui-la por outro mecanismo de remuneração a categoria.
Ponto Eletrônico
A SUGEPAR adotara providencias junto ao Gabinete do Secretário de Saúde para ratificar o MEMO 174/2014 GAB-SES.

Participaram da Reunião a SUGEPAR/SVS/SAPS/ETESB/SINDIVACS e 1- Representante da Comissão do Concurso Temporário para AVAS 1- Representante da Comissão do Concurso Temporário para ACS.
10401523_367948770057799_7614640015220979631_n11007750_367948833391126_217353652079473973_n11012184_367948970057779_1092980655228665068_n10997891_367948903391119_4586974582145419545_n

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Deliberação da Assembleia Geral dos AVAS e ACS do dia 11.02.2015

Deliberação da Assembleia Geral dos AVAS e ACS do dia 11.02.2015

FGTS- Ação Individual – Os representantes do nosso escritório de Advocacia, estiveram presentes na Assembleia Geral , e responderam a todas as duvidas dos filiados do SINDIVACS-DF, o escritório de Advocacia contratado pelo SINDIVACS-DF para prestar serviços advocatícios aos filiados, conforme contrato com o Sindicato da categoria o percentual cobrado será de 8% sobre o valor final da causa.( Os filiados do SINDIVACS-DF que tiverem interesse em entrar com a ação individual do FGTS, deveram ligar no escritório de Advocacia  61- 2105-2413/61-91564910 ou ir pessoalmente ao SCS Quadra 2 Bloco “D” Ed. Oscar Niemeyer 14º Andar Brasília-DF)
E entregar os seguintes documentos:
1-      Copia da CTPS ( páginas: da foto, qualificação Civil, contrato de trabalho com a Fundação Zerbini e Secretária de Saúde, opção pelo FGTS, e Carimbo de “baixa”, se houver);
2-      Cópia do Termo de Opção do regime do regime celetista para o Estatutário;
3-      Contracheques: do último mês que recebeu como “celetista” e do Primeiro mês que recebeu como “estatutário”.
4-      A Procuração /Declaração  e contrato individual estarão disponíveis no Escritório.
Incentivo de Produtividade – O SINDIVACS-DF encaminhou oficio com proposta de alteração na portaria de Produtividade dos AVAS e ACS, e terá resposta concreta por parte da SES-DF, na próxima daqui a duas semanas.
Curso Técnico para AVAS e ACS – Será formado um grupo de trabalho com a composição dos seguintes membros SINDIVACS-DF/ ETESB/ SUGEPAR/ SVS /SAPS, sendo que a primeira reunião do grupo de trabalho será dia 19/02/2015.
Estado de Greve – Diante dos encaminhamentos feitos pela SES-DF a categoria decidiu retirar o estado de Greve .
Concurso Público AVAS e ACS Efetivo e Temporário – O SINDIVACS-DF terá reunião com a SUGEPAR no próximo dia 23/02/2015, onde o subsecretário trará respostas a respeito.
IMG_6060

IMG_6051IMG_6055IMG_6075IMG_6063IMG_6096

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DOS AVAS E ACS DIA: 11/02/2015, ÀS 09 HORAS

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DOS AVAS E ACS

DIA: 11/02/2015, ÀS 09 HORAS
LOCAL: AUDITÓRIO DA CÂMARA LEGISLATIVA – CLDF
PAUTA: 1- INFORMES GERAIS 2- FGTS- AÇÃO INDIVIDUAL 
3- INCENTIVO DE PRODUTIVIDADE 4- ESTADO DE GREVE
assembleia

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

CLDF se coloca à disposição para votar projeto que pagará salários atrasados de servidores

CLDF se coloca à disposição para votar projeto que pagará salários atrasados de servidores

cldf
Projeto do Executivo pode injetar R$ 300 milhões na economia do DF
A presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), deputada Celina Leão (PDT), está disposta a convocar os deputados distritais para votar, antes do reinício oficial das atividades da Casa, o projeto de lei do Poder Executivo que antecipa receita orçamentária para pagar os salários atrasados dos servidores das áreas de saúde e educação. Em entrevista à imprensa, publicada hoje (21), o governador Rodrigo Rollemberg informou que enviaria a proposta à Câmara no início de fevereiro, quando termina o recesso parlamentar.
Caso a proposta seja enviada ainda em janeiro, Celina Leão está se colocando à disposição do GDF para receber o projeto e fazer a autoconvocação do Poder Legislativo a fim de que os servidores recebam seus salários o mais rápido possível. A medida não ocasionaria ônus para o GDF nem para a Câmara. Em caso de autoconvocação, os deputados não recebem remuneração extra pelo trabalho adicional.
A presidente acredita que os parlamentares atenderão ao chamado para votar a proposta, uma vez que o atraso no pagamento dos salários prejudica a prestação de serviços essenciais. “É uma maneira legal de amenizar os problemas que o Distrito Federal está enfrentando. A injeção de recursos na economia ajudaria as cidades a retomarem sua normalidade”, considera a deputada. Para Celina, “o momento é de unir forças por Brasília, que se encontra fragilizada economicamente depois de um governo irresponsável”.
Celina Leão está de férias e deve retornar na sexta-feira. A presidente interina Liliane Roriz (PRTB), também já se manifestou favoravelmente à autoconvocação.
Comissões - Para acelerar o trâmite do projeto, a presidente pretende publicar no Diário da Câmara Legislativa (DCL) a abertura de prazo para que os líderes de blocos e partidos indiquem os membros das comissões de Economia, Orçamento e Finanças (CEOF) e de Constituição e Justiça (CCJ), de acordo com os critérios de proporcionalidade previstos no Regimento da Casa.
São essas as comissões pelas quais o projeto precisa passar para ser analisado e votado. Os pareceres podem ser dados no plenário, com a proposição tramitando em regime de urgência, o que reduz os prazos para análise e deliberação. Todas essas condições estão previstas no Regimento da CLDF. O quórum necessário para votação, no caso em questão, é de 13 deputados, e a aprovação seria por maioria simples (metade dos deputados presentes mais um).
Segundo o chefe da Casa Civil, Hélio Doyle, o GDF vai pedir à Câmara uma antecipação orçamentária de mais de R$ 300 milhões. O valor viria por empréstimo.